A cor do Brasil

A cor do Brasil

tarsila12345

Tarsila do Amaral. Abaporu, 1928. Col. Museo de Arte Latinoamericano de Buenos Aires (Malba).

O Museu de Arte do Rio – MAR está desde agosto com a exposição A cor do Brasil, onde é traçada uma trajetória da arte brasileira desde o período colonial até o século XXI. A mostra reúne mais de 300 peças, vindas da Argentina, do México e de outras 12 instituições espalhadas pelo Brasil, que cederam parte de seus acervos para a montagem da mais completa antologia da cor já apresentada na cidade do Rio de Janeiro.

O percurso é formado por obras-primas que vão de Frans Post – um dos mais importantes artistas neerlandeses, que no século XVII participou de expedição pelo nordeste do Brasil – a Tarsila do Amaral, considerada a primeira dama do modernismo nacional e autora de Abaporu (1928) e Antropofagia (1929), pinturas mundialmente conhecidas que retornam à cidade pela primeira vez desde o começo do século XX.

A exposição é dividida em três galerias. A primeira delas, intitulada A transformação da luz e do ambiente ecológico em cor, é dedicada à visão sintética da paisagem. Retratos, paisagens e naturezas mortas cedem espaço para uma seleção do melhor do impressionismo no Brasil, enquanto a base filosófica da mudança de conceito é compreendida a partir do desafio lançado por Graça Aranha.

mls0019site_0

Lasar Segall. Navio de emigrantes, 1939/41. Col. Museu Lasar Segall/Instituto Brasileiro de Museus (Ibram)/Ministério da Cultura (MinC).

A segunda sala, Modernidade e Autonomia da arte, é formada por diversos núcleos significativos. O grupo formado por Henrique Bernardelli, Bruno Lechowski, José Pancetti, Milton Dacosta, Quirino Campofiorito e Joaquim Tenreiro retrata a emancipação do regionalismo em prol da vontade de pintar.

Na terceira e última sala, Opinião, Tropicália, Geração 80 e Cor do Século XXI, o foco se torna a Cor do Rio, a partir de movimentos ocorridos na cidade: as mostras Opinião e Tropicália, a Sala Experimental do MAM e Geração 80. Para retratar a extensão do tema da cor no Brasil nas últimas seis décadas, foi feita uma reunião das obras de Anna Maria Maiolino, Antonio Dias, Carlos Vergara, Roberto Magalhães, Rubens Gerchmann, Wanda Pimentel, Tunga, Anna Bella Geiger, Katie van Scherpenberg e José Maria Dias da Cruz, professores da Escola de Artes Visuais do Parque Lage.

A cor do Brasil tem curadoria assinada por Paulo Herkenhoff e Marcelo Campos. A realização é da equipe do Instituto Odeon/Museu de Arte do Rio; produção de Maria Clara Rodrigues, da Imago Escritório de Arte; com arquitetura de Leila Scaf Rodrigues; e identidade gráfica de Fernando Leite.

A exposição A cor do Brasil fica em cartaz até dia 15 de janeiro de 2017 no MAR, que fica na Praça Mauá, 5, Centro do Rio de Janeiro. Para mais informações acesse o site do MAR.

Imagem de capa: Gustavo Von Ha .Inventário Arte Outra; Não-Pintura 28 TA.

Sobre o Autor:

Renata Araujo
Renata Araujo 298 resenhas

É jornalista por formação, nerd por paixão e cresceu rodeada de livros sendo até proibida de comprar mais por não ter aonde botar. Era figura conhecida na locadora mais próxima, aonde nem precisava se identificar, hoje em dia usa o quarto do namorado como depósito de livros. Adora livros de fantasia, sendo um PotterManiaca, mas não dispensa nenhum gênero. Para filmes prefere os clássicos dos anos 80 e compara qualquer filme com Dirty Dance - Ritmo Quente e O Guarda Costa.

Você pode gostar também

Exposições 0 Comentários

Arte com Dinossauro

O Museu Nacional/UFRJ abriu ao público, na última quinta (16/04), a exposição temporária ARTE COM DINOSSAUROS. Desde as primeiras descobertas da Paleontologia, os pesquisadores sempre quiseram saber como seria a

Exposições 0 Comentários

Se Liga!

Está em cartaz no Centro Cultural do Banco do Brasil a exposição Se Liga! – Arte, Ciência e Imaginação. Em sua terceira edição a mostra ocupa três salas até o dia

Exposições

Kurt Klagsbrunn, um fotógrafo humanista no Rio

O Museu de Arte do Rio trás a exposição Kurt Klagsbrunn, um fotógrafo humanista no Rio, que conta um pouco da história desse grande fotógrafo através de seus registros. Kurt