O homem que caiu na Terra
outubro 25, 2016 360 Visualizações

O homem que caiu na Terra

timthumbO Homem que caiu na Terra tornou-se um verdadeiro clássico da literatura e uma das mais refinadas, sutis e delicadas ficções científicas já escritas. Publicado originalmente em 1963, ganhou reconhecimento em todo o planeta com a adaptação para o cinema dirigida por Nicolas Roeg em 1976. O filme também marcou a estreia de David Bowie no cinema encarnando o protagonista alienígena – para quem o papel parecia ter sido especialmente pensado (o que não foi o caso): um ser andrógino, impúbere, alto para os padrões terráqueos, delicado, magro, polido e que tenta se adaptar à vida terrestre para sobreviver entre os humanos.

O livro mostra Thomas Jerome Newton, que veio de Anthea para a Terra em uma missão desesperada para salvar os poucos habitantes que ficaram em seu longínquo e desconhecido planeta. Para isso, precisa construir aqui uma nave que possa trazer os 300 de sua espécie que ainda vivem em um planeta onde a água acabou e os recursos são cada vez mais escassos.

Com conhecimento e inteligência muito superior aos humanos, Newton logo se torna um bem sucedido empresário do ramo de patentes tecnológicas e também descobre a solidão, o desespero e o álcool – criando uma delicada parábola sobre as mudanças que estavam ocorrendo entre os anos 1950, com o início da Guerra Fria.

david-bowie-darkside-books-homem-que-caiu-na-terra-05-768x422Escrito com vigor e com uma prosa carregada de tensão poética, Walter Tevis produziu uma das ficções científicas mais realistas sobre um alienígena que vai absorvendo o dia a dia, o jeito e os vícios humanos aos poucos. Realista o suficiente para se tornar uma metáfora daquilo que todos nós carregamos: uma indescritível angústia e solidão existencial.

A trajetória fugaz de Newton em uma Terra que já começava a acelerar seus passos rumo à degradação acaba por dizer algo urgente sobre a nossa vida e o propósito dela aqui, muito mais do que fazer refletir sobre a longínqua Anthea.

Bowie eternizou o personagem com seu estranho olhar, sotaque e cabelos laranjas incandescentes e deu vida a uma constelação de possibilidades para nós, simples terráqueos. Ziggy, Major Tom, Alladin Sane, Halloween Jack são poeira desse extraterrestre que transformou a cena musical, o cinema e a cultura pop. A editora DarkSide® está resgatando as origens do mestre camaleão e sua incursão no mundo da sétima arte.

Walter Tevis (1928–1984) nasceu em São Francisco, Califórnia. Foi professor de literatura na Universidade de Ohio e autor de romances e contos traduzidos em pelo menos 18 idiomas. Três dos seis romances que escreveu foram adaptados para o cinema: The Hustler (1959), The Color of Money (1984) e O Homem que Caiu na Terra (1963). Este, dirigido por Nicolas Roeg em 1976, marca a estreia de David Bowie como ator. O filme logo se tornou um clássico e influenciou a cultura pop como poucas outras obras de ficção científica. Saiba mais em waltertevis.com.

Sobre o Autor:

Renata Araujo
Renata Araujo 298 resenhas

É jornalista por formação, nerd por paixão e cresceu rodeada de livros sendo até proibida de comprar mais por não ter aonde botar. Era figura conhecida na locadora mais próxima, aonde nem precisava se identificar, hoje em dia usa o quarto do namorado como depósito de livros. Adora livros de fantasia, sendo um PotterManiaca, mas não dispensa nenhum gênero. Para filmes prefere os clássicos dos anos 80 e compara qualquer filme com Dirty Dance - Ritmo Quente e O Guarda Costa.

Você pode gostar também

Livros

O Adulto

Famosa por suas personagens femininas fortes, Gillian Flynn homenageia as clássicas histórias de terror em um conto premiado com o Edgar Award: O adulto. Escrito a pedido de George R. R.

Uma Lagarta Muito Comilona

Se você está procurando um livro para iniciar seus filhos no mundo da leitura, esse é uma ótima opção. Uma Lagarta muito Comilona conta a divertida história de uma lagarta

Não Se Apega, Não

Isabela é uma mulher normal como muitas de nós, porém possui uma vida amorosa igual a de filme, como ela mesma fala, não consegue encontrar seu grande amor e enquanto