Cidades de Papel
julho 20, 2015 480 Visualizações

Cidades de Papel

cara-delevingne-nat-wolff-in-PAPER-TOWNSTudo ia bem na vida de Quentin (Nat Wolff) até que Margo Roth Spiegelman (Cara Delevingne) se torna sua vizinha de frente. Nesse momento ele se tornam amigos e Q (como é chamado pelos amigos) logo se apaixona por ela. Mas com o tempo eles se afastam.

As coisas mudam quando ela aparece na janela de Q durante uma noite convidando ele para ajuda-la em um plano de vingança. Ele a ajuda e as coisas parecem que vão mudar até que no dia seguinte ela some do mapa. Quentin fica desesperado e decide sair em sua busca. Para isso ele conta com a ajuda de alguns amigos.

Quem ainda tinha dúvidas de que John Green, o autor de Cidades de Papel, escreve super bem para os adolescentes vai ter a confirmação com esse filme. Ele, que também é produtor executivo do filme, se juntou a uma equipe fera: Scott Neustadter e Michael H. Weber como roteiristas, Marty Bowen e Wyck Godfrey, como produtores (os mesmos de A Culpa é das Estrelas) e Jack Schreier como diretor.37189360-b07b-0132-9a1a-0e01949ad350

E esse time conseguiu montar um universo escolar perfeito para a aventura de Quentin. Mas preciso dizer, que apesar do ambiente ser muito bem feito, eles se arriscaram um pouco em algumas mudanças. É claro que tudo deve ter tido a supervisão do grande John Green e por isso não ficou ruim de forma nenhuma.

O filme é bem divertido e cheio de momentos engraçados, principalmente graças a Austin Abrams (Ben Starling no filme). Ele foi o motivo de muitas das minhas risadas e chamou bastante atenção durante todo o filme. Mas no geral, todos se saíram bem, até mesmo os protogonistas  Nat Wolff e Cara Delevingne. E a pesar das comparações com os protagonistas de A Culpa é das Estrelas, gostei do desempenho deles.

No geral é um ótimo filme, bem adolescente, mas agrada aos adultos também! Diverte bastante! Recomendo!

 

Sobre o Autor:

Renata Araujo
Renata Araujo 298 resenhas

É jornalista por formação, nerd por paixão e cresceu rodeada de livros sendo até proibida de comprar mais por não ter aonde botar. Era figura conhecida na locadora mais próxima, aonde nem precisava se identificar, hoje em dia usa o quarto do namorado como depósito de livros. Adora livros de fantasia, sendo um PotterManiaca, mas não dispensa nenhum gênero. Para filmes prefere os clássicos dos anos 80 e compara qualquer filme com Dirty Dance - Ritmo Quente e O Guarda Costa.

Você pode gostar também

Festa no Céu

Um grupo de crianças bem bagunceiras chega a uma visita guiada ao museu, como uma espécie de “punição” pelo mau comportamento. Lá, uma guia diferente resolve percorrer um caminho alternativo

Para sempre Alice

A Dra. Alice Howland (Julianne Moore) é uma renomada professora de linguística, muito querida pelos alunos, com uma família adorável e um marido apaixonado. Sua vida estava indo muito bem

Filmes

Walt nos Bastidores de Mary Poppins

Walt nos Bastidores de Mary Poppins, conta a história da produção de um dos grandes clássicos da Disney, Mary Poppins, lançado em 1964. Nele, Walt Disney (Tom Hanks), que tentou