Filhos do Fim do Mundo

Filhos do Fim do Mundo

Capa-Filhos-do-Fim-do-Mundo-Fabio-M-BarretoTudo parecia normal no mundo até que a meia noite de um dia todas as crianças com menos de um ano morrem e as gravidas dão a luz a filhos mortos sem nenhum tipo de explicação científica. Com o mundo abalado e sem esperança de futuro, um jornalista é convocado para fazer sua última e mais importante matéria: descobrir o que está acontecendo e como salvar o mundo de um colapso. Ele aceita a missão com um único pensamento, salvar seu primeiro filho que está prestes a nascer. Em meio a isso o Governo retira do ar a internet e a rede de telefonia e começa a controlar todos os meios de comunicação para segurar a informação e não levar pânico a população. Mas isso gera ainda mais revolta nas pessoas. O que está acontecendo afinal? Como salvar o planeta que está abeira da extinção, agora que não nasce mais nada?

Com uma boa análise da nossa sociedade, Filhos do Fim do Mundo mostra o caos se formando aos poucos e sendo gerado por todo o tipo de pessoa. A clássica expressão ”e se…” volta aos livros para nos deixar apreensivos e imaginar: E se algo assim acontecesse aqui? Qual seria nossa reação? O que faríamos primeiro? Pelo menos foi assim que eu me senti lendo esse livro.

O livro é muito bom, cheio de ação e conflitos humanos o que faz com que chegue mais perto da realidade levando o leitor a se aproximar dos personagens. Outro ponto interessante é a falta de nomes nos personagens, eles são chamados apenas de jornalista, esposa, padre, governador etc, nem a própria cidade tem nome, deixando essa lacuna aberta para que possa ser qualquer lugar do mundo.

Autor_Fa-25CC-2581bio_M._Barreto

Fábio Barreto.

Os personagens criados também são ótimos, não existindo esse lance de bom ou mal. O jornalista, por exemplo, que é o principal, é muito humano. Ele erra e acerta, com um único objetivo, de salvar a própria família. Outro personagens muito bom é o bloggeiro, que é capaz de tudo para levar a verdade para o mundo.

A leitura é muito agradável e possui um ritmo muito bom, além de prender a atenção de uma forma como poucos conseguem, fazendo com que em alguns momentos eu não conseguisse parar de ler. Gostei muito do livro e já fiquei fã do autor. Seu texto é excelente e prendeu minha atenção do início ao fim.

O paulista Fabio Barreto é escritor, jornalista, roteirista e diretor de cinema, formado em Los Angeles. Trabalhou no Estado de São Paulo e Jornal da Tarde foi editor e repórter da revista Sci-Fi news além de assessor de imprensa da CNN no Brasil. Hoje ele é correspondente de cinema em Hollywood, além de integrante do podcast sobre cinema, Rapaduracast.

Link para livro Submarino: http://goo.gl/arhFfi

Site de notícias do autor: http://usreporter.net/

Site da empresa de cinema do autor: http://www.soshollywood.com.br/

Site oficial do livro: http://goo.gl/LbqB8i

Site do Rapaduracast: http://goo.gl/XsfUO4

 

Sobre o Autor:

Renata Araujo
Renata Araujo 298 resenhas

É jornalista por formação, nerd por paixão e cresceu rodeada de livros sendo até proibida de comprar mais por não ter aonde botar. Era figura conhecida na locadora mais próxima, aonde nem precisava se identificar, hoje em dia usa o quarto do namorado como depósito de livros. Adora livros de fantasia, sendo um PotterManiaca, mas não dispensa nenhum gênero. Para filmes prefere os clássicos dos anos 80 e compara qualquer filme com Dirty Dance - Ritmo Quente e O Guarda Costa.

Você pode gostar também

O Salmão da Dúvida

Um dos mais queridos escritores do mundo nerd e conhecido pela série O Mochileiro das Galáxias, Douglas Adams mudou a ficção científica como a conhecíamos e a deixou bem mais

Livros

O Adulto

Famosa por suas personagens femininas fortes, Gillian Flynn homenageia as clássicas histórias de terror em um conto premiado com o Edgar Award: O adulto. Escrito a pedido de George R. R.

Um Pedido as Estrelas

O amor que nasce na infância é um dos mais bonitos que existem. Quando ele cresce, amadurece e continua durante a fase adulta se torna ainda mais bonito. Foi assim