Nebraska

Nebraska

Woody Grant (Bruce Dern) é um senhor que acredita ter ganho um milhão de dólares após receber pelo correio uma propaganda. Decidido a resgatar o prêmio, ele resolve ir a pé até a cidade de Lincoln, em Nebraska. Porém sempre que tenta ir é resgatado pela polícia ou por seus filhos, que tentam de todas as formas explicar que seu prêmio é apenas um golpe.
Porém percebendo a teimosia de seu pai, David (Will Forte) decide levá-lo de carro até Lincoln. Só que um contratempo faz com que eles precisem adiar seu planos passando o final de semana na casa de um de seus tios. As coisas se complicam ainda mais quando Woody resolve contar a todos da cidade sobre o dinheiro que ganhou, despertando assim a cobiça de muita gente.  
Nebraska faz uma aposta arriscada, leva as telas do cinema um filme em preto e branco, com muitas pausas e com uma história bem simples, mas que foi me conquistando aos poucos. A história de Woody, um senhor que está com um objetivo fixo na cabeça, é comovente, ainda mais se somarmos sua esposa a equação. Kate Grant, interpretada brilhantemente por June Squibb, que faz uma mulher sem paciência com o marido e com tudo a sua volta.
Will Forte também brilha. Acostumado a filmes de comédia (Gente Grande 2, Este é o meu Garoto, Uma Aventura Lego), ele chama atenção por esse papel dramático. Suas cenas com seu pai são muito emocionantes. Bruce Dern, também faz um trabalho muito bonito, dando vida a um homem que já não está nos seus melhores dias, mas que ainda tem um sonho e não quer ser impedido de realiza-lo. O ator, que hoje tem 77 anos mostra que ainda tem fôlego para papeis de impacto.
Nebraska, que foi dirigido por Alexander Payne (Os descendentes, As confissões de Schmidt), me surpreendeu de uma forma muito positiva. Não esperava gostar tanto, mas ao final ele mostrou-se um filme muito bonito e delicado. Mesmo sendo um drama, consegue fazer rir em alguns momentos. A trilha sonora instrumental combinou perfeitamente com o filme e cativou ainda mais. Recomendo.
Nebraska está concorrendo ao Oscar de melhor filme, melhor diretor, melhor ator, melhor atriz coadjuvante, melhor roteiro original e melhor fotografia.
Trailer: http://goo.gl/EYOTZ8

Sobre o Autor:

Renata Araujo
Renata Araujo 298 resenhas

É jornalista por formação, nerd por paixão e cresceu rodeada de livros sendo até proibida de comprar mais por não ter aonde botar. Era figura conhecida na locadora mais próxima, aonde nem precisava se identificar, hoje em dia usa o quarto do namorado como depósito de livros. Adora livros de fantasia, sendo um PotterManiaca, mas não dispensa nenhum gênero. Para filmes prefere os clássicos dos anos 80 e compara qualquer filme com Dirty Dance - Ritmo Quente e O Guarda Costa.

Você pode gostar também

Filmes

O Cavaleiro Solitário

John Reid (Armie Hammer) é um advogado que está retornando a sua cidade natal, em Colby, no Texas. Lá ele reencontra seu irmão, Dan (James Badge Dale), o xerife da cidade, e

Filmes

Amor

Amor pode parecer, a princípio, um filme tranquilo sobre a vida de um casal de idosos, mas eu recomendo para quem aguenta fortes emoções. O filme mostra a vida de

Filmes

A Escolha Perfeita 2

Após o sucesso, as Barden Bellas ganham a oportunidade de se apresentar para o presidente dos Estados Unidos. Só que o show é um grande fiasco, o que as transforma