O Hobbit: A Desolação de Smaug

O Hobbit: A Desolação de Smaug

A desolação de Smaug é a continuação das aventuras do Hobbit Bilbo Bolseiro (Martin Freeman), de um grupo de 12 anões liderados por Thorin, Escudo-de-Carvalho (Richard Armitage) e do Mago Gandalf (Ian Mckellen), em uma missão épica, com o objetivo de recuperar o reino dos anões, Erebor, roubado pelo dragão Smaug.
O filme recomeça com um flash back entre Gandalf e Thorin, quase como uma forma de retomar a base da história, e logo em seguida volta ao momento parado no primeiro filme. As 2 horas e 41 minutos de duração do filme foram repletas de cenas de ação perfeitamente desenvolvidas (e bem mais intensas que no primeiro filme), diálogos sensacionais e paisagens maravilhosas. A Desolação de Smaug vem para provar que nem todos os filme do meio de trilogias são ruins.
Logicamente que a presença de Smaug foi o grande evento do filme e gerou uma expectativa gigante nos fãns, que não se arrependeram. Peter Jackson criou um dragão imponente, temido e muito bem feito, cheio de expressões faciais e com uma voz que dá medo em qualquer um. O responsável pela voz do inimigo é o ator britânico Benedict Cumberbatch, (Sherlock, Além da Escuridão – Star Trek) que fez um trabalho de dublagem excelente. O encontro de Bilbo e Smaug foi o momento mais esperado e também um dos mais interessantes do filme, com ótimos diálogos e cenas de tirar o fôlego.
Apesar de sentir falta de alguns momentos e de ver personagens que não estavam presentes no livro, a adaptação foi muito bem feita e escrita por Peter Jackson, Philippa Boyens e Guillermo del Toro, mostrando que os três sabem muito bem o que estão fazendo e deixando o público cada vez mais fã da trilogia. Senti muita falta também de um desenvolvimento maior do personagem Beorn (Mikael Persbrandt).
A trilha sonora arrasou mais uma vez me deixando emocionada em momentos como quando Bilbo sobre nas árvores da Floresta das Trevas (uma das cenas mais bonitas do filme na minha opinião). Ponto para Howard Shore.
Gostaria de chamar atenção para a sequencia dos barris (muito esperada por mim), que foi bem divertida e emocionante e para as cenas de luta, principalmente quando envolve os elfos. É impressionante o trabalho feito por toda a equipe para deixar as cenas mais reais. Achei que elas foram ótimas e empolgaram bastante. Orlando Bloom, que faz o personagem Legolas e Evangeline Lily, que vive a elfa Tauriel arrasaram em todas elas. Ian Mckellen, como sempre, também deu show de interpretação. Ele é incrível como Gandalf.
Super recomendo a todos, pois o filme além de ser de uma beleza plástica maravilhosa, possui diálogos inteligentes e consegue prender a atenção do início ao fim, mesmo durando tanto tempo.

 

 

Para quem não conhece, essa trilogia é uma adaptação do livro O Hobbit, Lá e de Volta Outra Vez, que foi lançado em 1937 escrito pelo premiado John Ronald Reuel Tolkien, conhecido por J. R. R. Tolkien. Autor de obras como Senhor dos Anéis e Silmarillion, ele nasceu em Bloemfontein na África do Sul e aos três anos se mudou para a Inglaterra, aonde se naturalizou britânico. Apaixonado por idiomas, criou várias línguas entre elas a élfica.
Link para trailer: http://goo.gl/PtdVb9
Link para compra Submarino:http://goo.gl/XOByQi
Link para compra Livraria Cultura: http://goo.gl/VQ60Er
Link para compra livro em quadrinhos: http://goo.gl/749Pdt
Link para compra livro ilustrado: http://goo.gl/jlcGZU

Sobre o Autor:

Renata Araujo
Renata Araujo 298 resenhas

É jornalista por formação, nerd por paixão e cresceu rodeada de livros sendo até proibida de comprar mais por não ter aonde botar. Era figura conhecida na locadora mais próxima, aonde nem precisava se identificar, hoje em dia usa o quarto do namorado como depósito de livros. Adora livros de fantasia, sendo um PotterManiaca, mas não dispensa nenhum gênero. Para filmes prefere os clássicos dos anos 80 e compara qualquer filme com Dirty Dance - Ritmo Quente e O Guarda Costa.

Você pode gostar também

Filmes

A Escolha Perfeita

Quando Beca (Anna Kendrick), uma adolescente rebelde, apaixonada por música e que sonha em ser DJ, é obrigada pelo pai a fazer faculdade na universidade em que ele é professor,

Filmes

Frozen – Uma Aventura Congelante

Elsa e Anna são as filhas do rei de Arendelle, sendo que a mais velha, Elsa, possui um dom. Ela nasceu com a capacidade de criar gelo e neve. O

Filmes

Hoje é dia do Rock!

O dia do Rock chegou e para não passar em branco, o RêSenhando Tudo fez uma lista especial de filme que tem tudo a ver com esse som pra lá