O Cavaleiro Solitário
outubro 21, 2013 871 Visualizações

O Cavaleiro Solitário

John Reid (Armie Hammer) é um advogado que está retornando a sua cidade natal, em Colby, no Texas. Lá ele reencontra seu irmão, Dan (James Badge Dale), o xerife da cidade, e sua cunhada Rebecca (Ruth Wilson). Porém junto com ele no trem viajam também dois prisioneiros: o fora da lei, Butch Cavendish (William Fichtner) e o índio Tonto (Johnny Depp). Durante um ataque de seus capangas, Butch consegue escapar, e John contará apenas com a ajuda de Tonto, um índio bem esquisito, mas que possui um espirito de guerreiro, e que está sempre pronto para novas aventuras.
A Disney arrasa mais uma vez com um filme que homenageia o velho oeste, revivendo lendas como o índio guerreiro nativo americano, Tonto e o Cavaleiro Solitário, antigo herói de faroeste. Com uma fotografia linda, que teve ajuda das paisagens maravilhosas escolhidas pela equipe, o filme me conquistou. As cenas em que Depp e Hammer precisam aprender a conviver, são muito boas e geram ótimas risadas. E apesar das muitas críticas negativas que eu li, acho que o filme valeu a pena.
Não posso deixar de comentar sobre a participação de Helena Bonham Carter (que eu adoro), cujo personagem é a dona de um prostíbulo da cidade. Achei uma pena ela ter um papel tão pequeno (e que poderia nem existir na trama), mas fica como se fosse uma participação especial. 
Mas sem sombra de dúvida, quem foi a estrela do filme para mim, foi Deep, que está irreconhecível de Tonto, principalmente nas cenas em que ele está mais velho (esse crédito pode ser dado a equipe de maquiagem, que caprichou). Acho até que esse personagem lembra um pouco o pirata Jack Sparrow, do filme Piratas do Caribe, como muitos críticos falaram. Em alguns momentos eu realmente vi Jack vestido de índio, com todos aqueles trejeitos e caras engraçadas, mas no geral o personagem agrada e diverte. 
A cena final também é um show a parte, quando embalados pela música William Tell Overture: finale os personagens fazem de tudo para salvar a cidade, relembrando os grandes filmes de velho oeste. No geral, apesar das falhas o filme vale a pena. 
O filme do diretor Gore Verbinski e do produtor Jerry Bruckheimer, que também fizeram Piratas do Caribe, não está mais em cartaz nos cinemas, mas já pode ser encontrado nas locadoras. Recomendo!

Curiosidades:


O Cavaleiro Solitário é um cowboy fictício, criado por George Washington Trendle e desenvolvido pelo escritor Fran Striker. Sua primeira transmissão foi no ano de 1933, em um canal de rádio de Detroit. Porém sua fama cresceu quando sua história chegou a televisão e ao cinema interpretado por Clayton Moore. Jay Silverheels fazia o papel do índio Tonto. Suas aventuras também foram contadas em desenho animado e em quadrinhos. 

Link para site oficial: http://goo.gl/qAJ3Xs

Sobre o Autor:

Renata Araujo
Renata Araujo 298 resenhas

É jornalista por formação, nerd por paixão e cresceu rodeada de livros sendo até proibida de comprar mais por não ter aonde botar. Era figura conhecida na locadora mais próxima, aonde nem precisava se identificar, hoje em dia usa o quarto do namorado como depósito de livros. Adora livros de fantasia, sendo um PotterManiaca, mas não dispensa nenhum gênero. Para filmes prefere os clássicos dos anos 80 e compara qualquer filme com Dirty Dance - Ritmo Quente e O Guarda Costa.

Você pode gostar também

Filmes

Ela

No que parece ser um futuro distópico conhecemos Theodore Twombly (Joquin Phoenix), um escritor solitário, que vive sua rotina sem muita emoção. Seu trabalho é escrever cartas pessoais, como se

Filmes

Mulheres ao Ataque

Carly (Cameron Diaz) tem uma vida perfeita. Trabalha em uma grande empresa, é bem sucedida e acaba de conhecer um homem maravilhoso. Lindo e romântico, Mark (Nikolaj Coster-Waldau) é o namorado que

Filmes

Minions

Estreou nesta quinta-feira, 25 de junho, a animação mais aguardada de 2015. Os pequenos seres amarelos unicelulares que conquistaram o mundo em Meu Malvado Favorito ganharam um longa só deles,